Pronome Pessoal e Verbo: Qual A Ordem Na Pergunta?

Pronome Pessoal e Verbo: Qual A Ordem Na Pergunta em inglês? Qual A Posição? Esses dias me fizeram essa pergunta interessante no Youtube e, apesar de eu já ter falado sobre como lidar com isso aqui no blog inglês no teclado, de maneira mais superficial, por ser parte de um texto passado no qual tratei também de outros temas, decidi tecer algumas palavras somente sobre esse tópico.

Por exemplo, devo dizer where can I ou where I can? Você sabe?

De qualquer forma, antes de conferirmos a ordem correta entre um verbo modal, pronome pessoal ou nome, enfim, o sujeito, eu gostaria de te dizer que caso você queira conferir mais dicas de inglês além dessas, pode conhecer o nosso canal de inglês no Youtube. Atualmente são milhares de pessoas acompanhando as nossas aulas de inglês por lá. Tem gente do Brasil, Estados Unidos, Inglaterra, Canadá e muito mais. Como sempre dizemos por aqui, escola de inglês e curso de inglês são importantes, mas blogs de inglês também [clique aqui para conhecê-lo]. Você com certeza não vai se arrepender!  😉

Pois bem, a pergunta do Lucas foi a seguinte:

“Veja essas perguntas: ”Where can I find a bus stop?” e ”Could you tell me where I can find a restaurant?”. Ambas são perguntas mas o ”can” e o ”I” estão em posições diferentes. E agora? Não entendi.”

Essa daqui é uma dúvida super recorrente entre estudantes de inglês e nas próximas linhas você vai entender o motivo disso.

Em inglês, somos ensinados a colocar o verbo auxiliar (ou verbo modal) logo no começo de uma pergunta. É por isso que dizemos: Do you speak English?

A ordem geral para perguntas em inglês é: Verbo Auxiliar (ou modal) + Sujeito + Verbo. Dessa forma, dizemos coisas como:

  • Does she like…?
  • Will Bob make…?
  • Did he play..?
  • Can I open…?
  • Could they stay…?

As reticências representam o complemento que inserimos na frase para que ela não fique sem sentido. É evidente que, havendo a necessidade de usarmos um pronome interrogativo como where, when, how, dentre outros, ele virá anteriormente a estrutura geral para perguntas.

  • How did they play…?
  • Where can I find….?
  • When did they leave….?

Agora, vamos comparar os dois exemplos a seguir: Where can I find a bus stop?” e ”Could you tell me where I can find a bus stop?

O primeiro deles respeita a regra que lhe apresentei acima. Porém, há uma diferença no segundo. Na primeira pergunta: ‘Where can I find a bus stop?’ apenas inseri ‘where’ anteriormente a estrutura geral para perguntas.

No segundo exemplo, contudo, você pergunta se a pessoa pode lhe informar sobre algo, o foco da pergunta está em ‘Could you tell me?’ (você poderia me dizer..?), mas, ora dizer o quê? = onde eu consigo encontrar um ponto de ônibus = where I can find a bus stop (informação adicional sem nenhum caráter de pergunta). Esse restinho “where I can find a bus stop” é o complemento que fica no lugar das reticências. No complemento, nós não realizamos essa alteração de ordem das palavras, a ordem já está feita em Could you tell…? (verbo modal + sujeito + verbo).

É diferente perguntar diretamente: onde eu consigo encontrar um restaurante? –> where can I find a restaurant? Veja que usei uma pergunta direta e a posição do I, agora, foi diferente.

O ponto crucial aqui é conseguir entender que na primeira pergunta (Where can I find a bus stop?) o foco está em coletar de imediato a informação sobre o ponto de ônibus – essa é uma pergunta direta. “a bus stop” é o complemento.  Na segunda pergunta (Could you tell me where I can find a bus stop?) o complemento é “where I can find a bus stop” e nele não mexemos na ordem do verbo e do sujeito já que a frase em si não é uma pergunta, mas apenas um complemento que compõe uma pergunta.

Nesse exemplo em particular, o aluno fica confuso ao ver can e negligencia que ele é parte do complemento da pergunta. Dessa forma, comete o erro de colocar o pronome pessoal (nome – sujeito de maneira geral) após o can —> can I, can you, can Bob. Entretanto, já fizemos isso com could – que é o verbo modal comandante da pergunta. A palavra can está compondo o complemento e o complemento é, como diz o nome, um complemento de uma pergunta. Assim, ele vem com o posicionamento das palavras de uma maneira “afirmativa”, “natural”, “sem mudança de ordem característica de pergunta”.

Entendeu sobre a questão da posição do pronome pessoal e verbo em perguntas em inglês? Caso você tenha ficado com alguma dúvida, deixe a sua mensagem abaixo. A gente faz questão de responder todos os nossos leitores. Para contar com a nossa ajuda e continuar aprendendo inglês online, conheça o nosso canal de inglês no Youtube. No momento milhares de pessoas de todo o mundo acompanham o nosso trabalho por lá. Essa é uma excelente oportunidade para você aprender inglês online e ainda contar com a nossa cooperação para turbinar o seu conhecimento [clique aqui para conhecê-lo]. Você não vai gastar nada com isso e ainda tem a chance de melhorar a sua pronúncia e escuta. São vídeos para todos os níveis: básico, intermediário, avançado e proficiente. No Facebook, sempre avisamos quando há novidades por aqui como dicas, artigos e textos novos. Ajuda a gente, é rapidinho!  😉

Curtir Página do Facebook

Download PDF

Comentários

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta