6 aspectos em Inglês que te fazem parecer um bobo

Para muita gente, parecer um bobo falando Inglês de ante de outras pessoas é algo intragável.

Nesse artigo, foram destacados 6 detalhes que podem causar má impressão, desconforto, um contexto capaz de lhe prejudicar, constranger, ou  até mesmo lhe expor ao ridículo ao falar a língua inglesa. Ou seja, escrevemos sobre 6 aspectos em Inglês que te fazem parecer um bobo.

Certamente não são os únicos aspectos, porém bem frequentes em uma conversa em Inglês.

Continue lendo o texto e fique por dentro de pequenas sugestões para evitar algumas derrapadas.

A primeira recomendação que damos é evitar a repetição de palavras como yes, no e OK. Ainda que o intento seja enfatizar algo.

Veja abaixo.

1. Usar palavras “Yes”  “No”, “OK” como um disco arranhado.

Imagine uma situação em que lhe é oferecido um copo d’água:

Ex: Maria: Would you like a glass of water?
Bobo :Yes, yes, yes.

Ou ainda:

Bobo: OK, OK, OK.

Detalhe: aqui não estão lhe pedindo a sua opinião, autorização ou coisas do tipo. Logo o uso de OK, nesse caso, não cai bem.

Seria possível optar por algo como: ‘Oh yeah, please’ ou simplesmente ‘Yes, please’.

Considerando uma situação hipotética em que lhe perguntam:

Ex: Maria: Can I take the keys with me?
Bobo: No, no, no.

Seguindo a linha do paralelismo, escolha “Unfortunately, you can’t”, “I’m sorry, you can’t”. No, you can’t, etc.

Agora imagine uma outra situação em que lhe pedem uma confirmação:

Ex: Maria: You don’t like kids, do you?
Bobo: Yes, yes, yes.

Opte por paralelismo e conformidade: No, I don’t. Ou simplesmente: No.

2. Usar o verbo auxiliar “Do” quando o correto é “Does”

Ex: She don’t work, she studies. – doesn’t seria o correto.

Não há como negar que erros elementares sempre geram uma situação desconfortável.

3.  Usar “me” quando se deve usar “I” ou vice-versa. 

Não quer soar como o Tarzan? Aprenda um pouco sobre esse tópico lendo um dos artigos mais acessados do blog clicando aqui.

Ex: Me Tarzan, you Jane.

Ex: Me like chocolate very much.

4. Usar o presente com a conjugação incorreta ao relatar um ato/acontecimento no passado. 

Da mesma forma que em Português podemos dizer coisas como “Daí o cara resolve bater boca com o balconista antes de levar o tiro fatal“. Isto é, usamos o presente para narrar algo que ocorreu no passado, em Inglês isto também é possível. Porém, deve-se preocupar com a conjugação dos verbos e evitar construções como:

Ex: I then talk to him and he say “you are like whole world to me” – he says, seria o correto.

5. Usar o presente incorretamente ao relatar um ato/acontecimento no passado. 

É muito comum falantes da língua inglesa optarem por empregar o presente quando estão se referindo ao passado, não devido a esta possibilidade, mas pela falta de domínio que possuem ao construir frases empregando o passado simples, ou seja, conjugar os verbos no passado.

Suponhamos que você esteja procurando as chaves do seu quarto em um hotel e o recepcionista desse mesmo hotel insiste que lhe entregou as chaves no dia anterior:

Ex: I give you the keys Mr. Silva , I give you yesterday. – I gave you seria o correto.

Ou ainda:

Ex: I don’t go to São Paulo. I went to Rio.  – didn’t go seria o correto.

6. Usar “No” quando se deve usar “Not” ou até mesmo alguma verbo auxiliar na negativa.

Você quer dizer que alguém não voltou de um lugar/ uma reunião ainda e diz:

Ex: He is no back yet.  – not back yet seria o correto.

Ex: I no like dogs, I like cats.  –  don’t seria o correto.

Ex: Of course no! – not seria o correto.

Conhece outros aspectos? Quais?

Download PDF

Comentários

2 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta