PronĂșncia do InglĂȘs Americano (ĂĄudio)

PronĂșncia do InglĂȘs Americano A PronĂșncia do InglĂȘs Americano ainda gera muita discussĂŁo entre estudiosos e eu me incluo nesse bolo. Embora toda lĂ­ngua se transforme ao longo do tempo, Ă© possĂ­vel apontar algumas caracterĂ­sticas que se solidarizaram ao idioma e acabaram por consolidar um conjunto de aspectos fonĂ©ticos peculiar da lĂ­ngua inglesa.

Nesse novo artigo do InglĂȘs no teclado vamos conferir algumas dicas de pronĂșncia do inglĂȘs americano para que vocĂȘ, caro leitor, tenha ao menos uma noção geral desse tema e molde a forma como fala, caso realmente tenha interesse nessa modalidade. O blog InglĂȘs no teclado Ă© genuinamente focado no inglĂȘs americano e aqui na nossa pĂĄgina vocĂȘ encontra muitas outras dicas como essa.

De qualquer forma, antes de conferirmos as dicas de hoje, eu gostaria de te perguntar: jĂĄ conhece um dos canais de inglĂȘs mais queridinhos do Brasil? Atualmente milhares de pessoas acompanham as nossas aulas de inglĂȘs por lĂĄ. Essa Ă© uma chance incrĂ­vel de vocĂȘ aprender inglĂȘs online e matar todas as suas dĂșvidas com a gente. Como sempre dizemos por aqui, escolas de inglĂȘs e cursos de inglĂȘs online sĂŁo imprescindĂ­veis, mas blogs de inglĂȘs tambĂ©m [clique aqui para conhecĂȘ-lo]. VocĂȘ com certeza nĂŁo vai se arrepender!  😀

PronĂșncia do InglĂȘs Americano

Pois bem. Nesse artigo vou citar algumas coisas que ainda nĂŁo foram mencionadas nem no nosso blog ou canal anteriormente e outros pontos que jĂĄ foram explicados. É como uma salada de frutas para vocĂȘ, como eu disse no começo desse texto, ter uma noção geral. Se ao final vocĂȘ tiver alguma dĂșvida, deixe a sua mensagem abaixo. É super importante para a gente saber a opiniĂŁo dos nossos leitores.

DICA RÁPIDA  Como Usar LONG Em InglĂȘs (significados)
CONTRAÇÕES AVANÇADAS

O inglĂȘs americano Ă© repleto de contraçÔes avançadas que nĂŁo se limitam ao beabĂĄ ensinado pela maioria das escolas de inglĂȘs no Brasil. ContraçÔes com pronomes pessoais e a palavra not sĂŁo apenas a ponta do iceberg, caros leitores. Empregue a contração de maneira ainda mais intensa como nos exemplos abaixo.

Ex: What are you doing?

Nesse exemplo percebemos que a contração entre as palavras what e are resultam em what’re. É evidente que a pronĂșncia de are Ă© diferente de -re jĂĄ que aqui nĂŁo pronunciamos a letra ‘a’. Escute o ĂĄudio e repare na comparação sem a contração e com a contração.

Ex: When is your birthday?

Ao unirmos when com is formando when’s devemos ficar super atentos ao som da letra ‘s’ que soa na verdade como um ‘z’. A letra ‘s’ soa como ‘z’ nĂŁo apenas quando efetuamos a contração. O verbo to be como em ‘is’ tambĂ©m soa como ‘z’.

DICA RÁPIDA  Frases Com I Am Que SĂŁo Essenciais

Ex: When does it start?

Nesse caso, temos um misto de ‘d’ com ‘z’, porĂ©m a letra ‘d’ Ă© bem suave e se aproxima bastante do outro exemplo que vimos acima.

As contraçÔes com will, como tambĂ©m jĂĄ foi explicado aqui no blog, sĂŁo de extrema importĂąncia para quem quer muito aprender sobre a pronĂșncia do inglĂȘs americano. Observe a seguir como efetuĂĄ-las.

Ex: When will the match be played?

Da mesma forma, contraçÔes com did exemplificam com maestria as peculiaridades do inglĂȘs americano. Aqui captamos tĂŁo somente o som da letra d. Fica assim: Where’d e Why’d.

Ex: Where did you go?

Ex: Why did you do it?

COMBINAÇÃO DE N E T EM UMA PALAVRA

Outro ponto importante e que tambĂ©m jĂĄ foi falado aqui no blog Ă© quanto a combinação das letras n e t em uma palavra. Se trata de um fenĂŽmeno bem interessante no qual a letra ‘t’ Ă© apagada pela presença da letra ‘n’.  Como pronunciar cada uma das palavras abaixo?

Sentence – Winter – Fountain – Internet

Existem duas opçÔes, uma que nĂŁo Ă© geralmente ensinada a grande maioria dos estudantes de inglĂȘs (apesar de ser a mais adotada por americanos) e outra que Ă© a mais usada por alunos incautos. Para se inteirar desse assunto, assista o nosso vĂ­deo curto abaixo. VocĂȘ vai gostar muito. DĂĄ o play!

DICA RÁPIDA  7 fatos sobre americanos que te fazem refletir (e muito)

USO DE REDUÇÕES VOCÁLICAS

Para quem tem muito interesse em dominar a pronĂșncia do inglĂȘs americano, deve sintonizar com o uso em massa de reduçÔes vocĂĄlicas. Reductions, conhecidas em PortuguĂȘs como reduçÔes vocĂĄlicas, sĂŁo simplificaçÔes, encurtamentos, apagamentos ou compactaçÔes de parte da pronĂșncia de palavras em sĂ©rie que nativos da lĂ­ngua inglesa cometem impondo um resultado de pronĂșncia diferente do que se teria ao pronunciar cada palavra isoladamente. Para checar 10 exemplos com ĂĄudio [clique aqui]. No vĂ­deo abaixo, o nosso fundador da uma aula fantĂĄstica sobre esse tema.

EntĂŁo Ă© isso. Espero que vocĂȘ tenha aprendido com essas dicas de “pronĂșncia do inglĂȘs americano”. Para contar com a nossa ajuda e continuar aprendendo inglĂȘs online (nĂŁo apenas com “charges em inglĂȘs” com interpretação), conheça o nosso canal de inglĂȘs no Youtube. No momento milhares de pessoas de todo o mundo acompanham o nosso trabalho por lĂĄ. Essa Ă© uma excelente oportunidade para vocĂȘ aprender inglĂȘs online e ainda contar com a nossa cooperação para turbinar o seu conhecimento [clique aqui para conhecĂȘ-lo].  No Facebook, sempre avisamos quando hĂĄ novidades por aqui como dicas, artigos e textos novos. Ajuda a gente, Ă© rapidinho!  😉

Download PDF

ComentĂĄrios

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta