Home Dicas de Pronúncia e Listening em Inglês Maiores Erros de Pronúncia Em Inglês

Maiores Erros de Pronúncia Em Inglês

by Daniel Silva
0 comment

Aprender a pronunciar palavras em inglês corretamente pode ser um desafio para falantes não nativos, devido às diferenças fonéticas e às regras muitas vezes inconsistentes da língua inglesa. Aqui vão alguns dos maiores erros de pronúncia em inglês, acompanhados de explicações sobre porque eles acontecem e dicas para evitá-los. Não se esqueça de, ao final, se inscrever no canal do inglês no teclado no YouTube. Essa é a melhor forma de evitar as derrapadas citadas abaixo e muitas outras.

“TH” SOUND (VOICELESS AND VOICED)

Palavras: “Think” (voiceless), “This” (voiced)

Erro Comum: Pronunciar “think” como “sink” e “this” como “dis”.

Razão para isso: Muitos idiomas não têm sons equivalentes ao “th” inglês. O “th” voiceless (como em “think”) e o “th” voiced (como em “this”) exigem uma colocação específica da língua entre os dentes, o que pode ser estranho para falantes de línguas que não possuem esses sons.

Dica: Pratique colocando a língua ligeiramente entre os dentes superiores e inferiores, e expelindo o ar para o som voiceless e vibrando as cordas vocais para o som voiced. Além disso, confira [esta outra dica de inglês: clique aqui]. https://www.youtube.com/watch?v=q5vQi0b7Et8

Advertisement

 

“R” AMERICANO VS. “R” BRITÂNICO

Palavras: “Car”, “Red”

Erro Comum: Usar um “R” que soa como o “R” em português.

Razão para isso: O “R” em inglês americano é retroflexo, enquanto em inglês britânico é não rotativo, especialmente no final das palavras. Isso é diferente do “R” alveolar vibrante encontrado em muitas línguas.

Dica: Para o “R” americano, enrole a língua para trás sem tocar o céu da boca. Para o inglês britânico, tente evitar pronunciar o “R” no final das palavras. Para complementar o seu aprendizado [veja esta outra dica de inglês: clique aqui]. 

VOGAIS CURTAS VS. LONGAS

Palavras: “Ship” vs. “Sheep”

Erro Comum: Confundir as vogais curtas e longas, pronunciando ambas como vogais médias.

Razão para isso: Muitas línguas não fazem distinção clara entre vogais curtas e longas.

Dica: Pratique alongar o som em “sheep” e manter o som curto e rápido em “ship”.

“V” E “W”

Palavras: “Very” vs. “Wary”

Erro Comum: Pronunciar “very” como “wery” e “wary” como “vary”.

Razão para isso: Falantes de línguas que não distinguem claramente entre “v” e “w” tendem a confundir os dois sons.

Dica: Para “v”, toque os dentes superiores no lábio inferior e vibre. Para “w”, arredonde os lábios sem vibrar.

“L” CLARO VS. “L” ESCURO

Palavras: “Light” vs. “Full”

Erro Comum: Pronunciar ambos os “L” da mesma maneira.

Razão para isso: O “L” claro (inicial) e o “L” escuro (final) têm posições diferentes da língua, algo não comum em todas as línguas.

Dica: Para o “L” claro, levante a ponta da língua para tocar o céu da boca. Para o “L” escuro, posicione a parte de trás da língua mais alta.

“ED” NO PASSADO

Palavras: “Wanted”, “Played”, “Stopped”

Erro Comum: Pronunciar “ed” de forma inconsistente.

Razão para isso: As terminações “-ed” têm três pronúncias diferentes: /ɪd/ (como em “wanted”), /d/ (como em “played”), e /t/ (como em “stopped”).

Dica: Lembre-se das regras: use /ɪd/ após sons d ou t; /d/ após sons vozeados; /t/ após sons não vozeados. Confia uma explicação adicional sobre este tópico [clicando aqui]. 

“S” VS. “Z” SONS

Palavras: “Rise” vs. “Rice”

Erro Comum: Pronunciar “rise” como “rice”.

Razão para isso: A confusão entre sons vozeados (z) e não vozeados (s).

Dica: Pratique vibrando as cordas vocais para o som de “z” e não vibrando para o som de “s”.

SCHWA SOUND

Palavras: “About”, “Sofa”

Erro Comum: Substituir o schwa por uma vogal clara.

Razão para isso: O schwa é um som reduzido e não enfatizado, comum em inglês, mas não em todas as línguas.

Dica: Pratique a produção de um som neutro, curto e relaxado para o schwa, como o “a” em “about”. Para entender vez esse aspecto importante do inglês [clique aqui]. 

CONSIDERAÇÕES FINAIS SOBRE MAIORES ERROS DE PRONÚNCIA EM INGLÊS

A pronúncia em inglês pode ser desafiadora devido às diferenças fonéticas e às regras irregulares. Ao entender as razões por trás desses erros comuns e praticar com atenção aos detalhes, os falantes não nativos podem melhorar sua pronúncia e se comunicar de maneira mais eficaz.

Advertisement

You may also like

Comentários

Leave a Comment

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceito Política de privacidade

Privacy & Cookies Policy