Dicas de pronúncia em Inglês: evite esses pequenos crimes

Um texto que sempre fez muito sucesso no Inglês no Teclado é o Sotaque do Brasileiro Falando Inglês, no qual mostrei como é o canto característico do brasileiro falando Inglês. Já são quase quatro mil visualizações. Nesse novo texto, vamos apontar alguns pequenos crimes que brasileiros cometem com frequência para que você não faça isso ao falar Inglês.

O principal motivo que nos leva a praticar esse comportamento é simplesmente o fato de nos basearmos no som das palavras da nossa língua imperceptivelmente, ou seja, é como diz aquele música: inconscientemente a gente dança…

E aí, no caso da língua inglesa, involuntariamente a gente, tentando se esforçar ao máximo para falar uma outra língua, fala um pouco de Inglês com pitadas de tempero da língua portuguesa. Não se trata de taxar como certo ou errado ou demonizar as pessoas que assim o fazem. Nesse texto, a nossa intenção é simplesmente lhe dar dicas de pronúncia em Inglês para aprimorar cada vez mais todas as habilidades que atuam de forma concatenada, isto é: compreensão, escuta, fala e leitura. É pegando uma recomendação daqui, outra dali que você, com o passar do tempo, consegue colocar o carrinho nos trilhos. Então, confira abaixo e não esquece de deixar o seu comentário abaixo! É muito importante para a gente saber a sua opinião!

Dicas de Pronúncia em Inglês: erros clássicos cometidos por brasileiros

O primeiro erro de pronúncia em Inglês cometido por brasileiros é quanto a palavra ‘on’. Você sabe pronúncia-la adequadamente? O que mais percebo é brasileiros pronunciarem essa palavra como se dissessem a combinação de letras ‘on’ presente em ônibus. Repita: ôn -ôn – ôn. Esse é o som reproduzido pela grande maioria dos brasileiros quando se referem a preposição ‘on’ do Inglês. Confira nos áudios abaixo.

Ex: I’m on vacation.

[estou de férias]

Quando você pronuncia a palavra ‘onipresente’ sente a necessidade de encostar a ponta da língua no céu da sua boca nem que de forma muito rápida – mais precisamente próximo aos dentes da frente, correto? Um exercício que pode lhe ajudar a captar isso é repetir oni – oni – oni – oni. O que ocorre, entretanto, é que no caso da preposição ‘on’ temos um detalhe que faz total diferença no quesito exatidão da pronúncia. Para isso, repita a combinação abaixo (confira o áudio)

1) ônibus – ônibus , ôn – ôn – ôn

2) onipresente – onipresente , oni – oni – oni -oni

3) on_i – on_i – on_i – on_i

Conseguiu? O terceiro exemplo funciona assim, diferentemente do primeiro caso, você não irá permanecer com a língua estática enquanto pronúncia essas combinações.

O uso do símbolo ‘_’ foi proposital, uma vez que a intenção é lhe indicar que você deverá terminar ‘on’ posicionando a língua no céu da sua boca logo após concluir a pronúncia da letra ‘n’. Escute abaixo o que eu não quero que você faça e o que você deve fazer.

Não faça assim (on-i, on-i, on-i):

Faça assim (on_i, on_i, on_i):

A razão disso tudo é que eu quero que você aprenda a pronunciar a preposição ‘on’ corretamente. O som dela é on_ —-> que indica o término da pronúncia com a língua no céu da boca como na letra ‘n’ em “Nádia”, porém inverso – já que o som do ‘n’ vem depois.

A gente não ensina as crianças a como pronunciar as sílabas compondo o som das letras?

  • D + a = da
  • D + e = de
  • D+ i = di

Aqui o processo é o mesmo: separar o som das letras para captar como elas se encaixam quando combinadas com outras.

Dicas de pronúncia em inglês
Dicas de Pronúncia em Inglês: você não coloca a língua onde quiser é ela quem manda.

E não o som de ‘on’ presente na palavra ônibus – que é o que a maioria dos brasileiros faz. Se você estiver se perguntando quão relevante isso  é, eu digo que muito. Ao menos do ponto de vista da abordagem coletiva que lhe ajuda a entender a pronúncia de palavras novas com mais facilidade (como inclusive escrever o nome esquisito de um estrangeiro ou um palavra desconhecida sem mesmo nunca ter visto a grafia correta), esse exercício lhe ajudará imensamente quando tu for desafiado a compreender o que alguém lhe disse em Inglês.

Há um texto muito interessante aqui no Inglês no Teclado no qual falo sobre palavras que desafiam a sua pronúncia em Inglês. O texto, caso você queira desvendar essas palavras em Inglês, é esse daqui —-> (clique aqui para ler o texto ). Também temos o artigo 6 Palavras Em Inglês que Te Fazem Escorregar na Pronúncia que foi muito bem recebido por nossos leitores.

Mas voltando às nossas dicas de pronúncia em Inglês sobre para brasileiros, uma outra palavra que costuma pegar muitos brasileiros pelo pé é: nothing. Não sei dizer se essa é a campeã das campeãs, mas chego a arrepiar quando escuto brasileiros a pronunciando como se dissessem ‘no’ presente na palavra ‘nossa’ – me coço para alertá-los. Como a gente sempre evita soar chato (e me desculpe se estou sendo agora), achei melhor dar essa dica aqui diretamente do Inglês no Teclado (não esquece de compartilhar nas redes sociais).  😎

O que ocorre no caso da palavra nothing é que as pessoas pegam emprestado o som presente nas seguintes palavras em Português:

  • nossa;
  • nova;
  • nota;

Leia em voz alta: nossa nova nota. Percebeu como é o som do ‘no’ presente nessas palavras? No caso da palavra nothing não é assim que pronunciamos a combinação das letras ‘no’.

dicas de pronúncia em inglês
Dicas de pronúncia em Inglês para Brasileiros: esqueça o som de ‘no’ presente em ‘nossa nova nota’.

Nesse caso, a gente vai pensar na palavra Nestlé. Essa palavra (e marca) tem uma pitada de similaridade com a palavra em Inglês que estamos estudando em função do som que a letra ‘n’ embuti em nothing.

Para ajudar mais um pouco na compressão da pronúncia de nothing, vamos pensar nos nossos amigos de São Paulo quando dizemos que parecem estar gripados o ano inteiro em decorrência do sotaque que possuem. Bem verdade que não são todos, mas uma boa parte!  😉

Muitos deles vão ter facilidade em identificar a diferença entre os sons.

Escute como muitos brasileiros pronunciam:

Ex: There’s nothing to do here.

[não há nada para fazer aqui]

Agora escute como eu sugiro você pronunciar:

Ex: There’s nothing to do here.

[não há nada para fazer aqui]

Captou a diferença?

Por isso comentei sobre a questão do pessoal de São Paulo parecer estar sempre gripado, ou seja, falando com a voz de gripado – como diria uma tia minha de Sampa.

Mas porque essas dicas de pronúncia em Inglês servem apenas para brasileiros?

Se você estiver se perguntando se pessoas de outras nacionalidades também cometem esses deslizes, (se é que podemos chamá-los de deslizes), saiba que sim, porém é como se essas “derrapadas” estivessem dentro de um maior universo de “ratadas” cometidas por estrangeiros que não são nativos da língua inglesa. Veja bem, não estou dizendo que eles pecam mais, estou dizendo que eles cometem erros similares e outros erros também associados aos seus respectivos idiomas.

Se formos analisar bem e sermos mais justos, os pequenos crimes de pronúncia em Inglês que apresentei nada tem a ver com pronúncia, mas sim com o inconsciente ato que temos de usar os sons da nossa língua em uma segunda língua. Justamente o que comentei no começo desse texto. Entretanto, a minha intenção com essas dicas de pronúncia em Inglês não é estilizar o seu jeito de falar ou repreender quem está falando inglês assim ou assado. O propósito ao apontar esses aspectos é, como eu sempre friso em todos os textos do Inglês no Teclado, destacar quão importante ele são, porque você passa a assimilar e absorver o Inglês muito mais rapidamente se consegue diferenciar o som que as letras produzem quando combinadas.

Então é isso, se você gostou dessas dicas, não esquece de curtir esse texto no Facebook, porque a gente fica super satisfeito quando nosso leitores apreciaram alguma ou algumas das nossas dicas de Inglês. Se você quiser ficar por dentro de todas as nossas novidades e dicas para aprimorar o seu Inglês cada vez mais, curta a nossa página oficial no Facebook. Essa é a melhor forma de você ficar ligado com o Inglês no Teclado. Ajuda a gente, é rapidinho!  😉

Curtir página do Facebook

Imagem desse texto
Download PDF

Comentários

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta