Preposições No Final Da Frase em Inglês

Quando a gente resolve estudar Inglês logo nos são apresentadas preposições e verbos que comumente são usados aos pares. Por exemplo:

  • admiration for
  • influence on
  • lack of
  • discussion about/ on

Alguns exemplos de preposições em Inglês que usamos com bastante frequência são:  by, with, on, in, to,  at, e about.

Entretanto, o problema mesmo ocorre quando ficamos na dúvida sobre como e quando usar preposições no final da frase em Inglês. É o caso de frases como:

  • What are you talking about?
  • What is this for?
  • Jack’s a guy I work with.
  • Where are you from?
  • That’s a behavior I can no longer put up with
  • I have nobody to play with

Quem é que nunca viu uma plaquinha como a placa abaixo informando que a entrada é permitida apenas para pessoas autorizadas. Temos aí um outro exemplo de preposição ao final da frase. Repare: authorized personnel only.

preposições ao final da frase
Usando Preposições no final da frase em Inglês

Usar preposições no final da frase é correto?

Ao longo de vários foi concebida a ideia de que usar preposições ao final da frase em Inglês seria algo equivocado à luz dos ditames gramaticas. Com o passar do tempo essa prática passou a não receber tantas críticas de estudiosos da língua inglesa que viram nesse expediente um movimento comum de modernização do idioma. Era algo realmente abominável.

DICA RÁPIDA  Diferença Entre Just E Only

O cuidado que se deve tomar ao adotar essa abordagem é não deixar de usar uma preposição que compõe um verbo como no caso de put up with = tolerar. Perceba que nesse caso, ao montarmos uma frase como:

Ex: That’s a behavior I can no longer put up with. 

[esse é um comportamento que não posso mais tolerar]

E negligenciamos uma das preposições (up é uma delas e with a segunda), alteramos completamente o sentido da frase. Isso porque a expressão é: put up with. Se tarata de um verbo frasal.

Como muito bem explicado pelo pessoal do Merriam Webster antigamente havia conexões muito fortes entre o latim e o Inglês – o que culminarou na proibição do uso das preposições ao final da frase.  É que como o Latim não previa essa possibilidade, o Inglês inicialmente se perfilou à língua morta – a última bolacha do pacote à época.  Posteriormente, essa teoria caiu por terra e o Inglês passou a adotar preposições ao final frase.

DICA RÁPIDA  O Que Significa There Is To Be? (There isn't, Aren't)

Regra para usar preposições no final da frase

Agora que falamos sobre as divergências de entendimentos, devemos falar sobre uma possível “regra” para usar preposições ao final da frase. O que ocorre na verdade é que inexiste uma regra que lhe explique quando e como usá-las nesse modelo. O que existe nesse caso, são convenções que foram surgindo com o passar do tempo as quais apontam que, para certas ocasiões (como no caso do uso das perguntas com as chamadas wh-questions: who, where, when, where, how), preposições ao final de uma dada frase se tornaria mais habitual. É claro que levamos em conta a questão de verbos frasais e verbos preposicionados. Por isso podemos dizer coisas como:

Ex: He found the book he was looking for.

Ex: We want to know where she came from.

Ex: Jack displayed the bad humor he’s known for.

Ex:  Give them what they asked for.

Ex: I’d like to suggest you the best expensive scotch whisky you’ve never heard of.

DICA RÁPIDA  Advérbios de intensidade em inglês (Adverbs of Intensity)

Ex: Who were you talking to?

Ex: Daniel: I didn’t wipe the tables. Bob: but you have to!

Perceba que o uso de to ao final da frase acima está associado ao emprego do verbo to have quando queremos demandar obrigação. Já falamos sobre isso e você pode ler mais a respeito no texto “Como Usar Must e Have to: qual a diferença” (clique aqui para ler). Remover a partícula to implicaria em perder toda a conotação de comando existente na frase.

Então é isso. Não existe uma regra que nos indique como usar preposições no final da frase, o que existe é o hábito e a prática que nos ensina a usar palavras, frases e expressões como nativos da língua inglesa. Se você quiser ficar ligado nas próximas dicas de Inglês do blog Inglês no Teclado curta a nossa página oficial no Facebook. Estamos desde 2009 trazendo conteúdo de qualidade para quem quer aprender Inglês. Ajuda a gente, é rapidinho!  😉

Curtir página do Facebook

Download PDF

Comentários

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta