Is ou It’s: qual usar? (diferença entre is e it’s)

Is ou It’s: qual usar? (diferença entre is e it’s) – Outro dia fomos perguntados no nosso canal oficial no Youtube sobre qual a diferença entre is e it’s. Você sabe qual é? Pensando nisso, resolvemos escrever esse texto para sedimentar de vez essa dúvida recorrente de quem quer aprender inglês ou já vem aprendendo inglês há um tempo. Se ao final desse artigo você tiver alguma dúvida, deixe o seu comentário abaixo. A gente faz questão de responder todos os nossos leitores.

Antes disso, no entanto, gostaríamos de te convidar para se inscrever no nosso canal oficial do Youtube. São milhares de pessoas no seguindo por lá. Tem gente de Portugal, Brasil, Angola, Inglaterra, Estados Unidos e muito mais. Lá você conta com a nossa ajuda para melhorar a pronúncia em inglês e afiar os ouvidos como nunca. E o melhor de tudo, de graça! [clique aqui para conhecer o canal].

Is ou It’s: qual usar?

Agora, vamos aprender a diferença entre is e it’s. Para começar, observe as frases abaixo:

  • Está frio;
  • É muito triste o que ocorreu;
  • É uma situação complicada;
  • É muito fácil;
  • Já se passaram dez anos desde a sua morte;
  • É muita ingenuidade;
  • Começou!;
  • Tem que ser de forma organizada;
  • Não depende de mim;

Em todas essas frases acima fica evidente um padrão presente em suas construções. Você consegue identificar? Caso ainda não tenha percebido, confira as frases abaixo:

  • Pedro comprou um carro;
  • Vamos de ônibus;
  • O carro quebrou;
  • Ele está imundo;

O que ocorre é que nas primeiras frases apresentadas não apontamos com facilidade o sujeito da ação. Tudo se refere a uma situação, você concorda? Releia as frases acima e veja que em todas as frases do primeiro grupo estamos nos referindo a uma situação ou a um contexto. Podemos até qualificar o contexto quando dizemos que está frio ou que algo é muito fácil, contudo, não revelamos o sujeito da ação como conseguimos indicar com facilidade no caso das frases do segundo grupo como em “vamos de ônibus” (nós ou a gente).

Se você diz: começou! Pode até saber exatamente do que se trata: uma briga, discussão, filme, peça de teatro etc.

Na língua inglesa, para as frases que compõe o primeiro grupo (situação ou contexto) é necessário fazermos uso do pronome pessoal it [clique aqui para ver um vídeo em que falamos desse pronome]. O pronome pessoal it é usado justamente quando precisamos especificar que se trata de uma situação ou contexto.  É o pronome que usamos para nos referirmos a uma situação ou contexto. Não importa se você está falando do tempo (está frio) ou se você está falando de uma solução para um problema (não depende de mim). Deve fazer uso da palavra it.

O formato it’s é a contração entre o pronome pessoal it e o verbo to be (ser) na configuração ‘é’.

it’s = it is

Assim, veja um exemplo em inglês:

It‘s cold = the weather is cold

O pronome pessoal it pode ser substituído por the weather que significa o tempo, ou seja, apesar de não termos o costume de dizer “o tempo está frio” em português e tão somente “está frio”, é esse o sentido presente na frase acima.  Ou seja, it faz referência ao tempo.

Vamos ver mais um exemplo que não é tão claro quanto o exemplo acima.

It’s not up to me = that decision is not up to me

A expessão up to someone contém o sentido de “depender de alguém”. Uma forma muito comum de dizermos “não depende de mim” em inglês é it’s not up to me. Se você diz que algo “não depende de você” esse algo pode ser uma decisão, por exemplo, exatamente como apontamos na frase acima. That decision is not up to me (essa decisão não me cabe),  revela que optamos por usar it para nos referirmos a uma decisão.

Assim, na língua inglesa, apesar de aprendermos que ‘is’ é um dos formatos do verbo to be e pode ser usado como em:

  • He is very ugly = ele é muito feio
  • She is crazy = ela é feia

Aprendemos nesse texto que conforme for o sentido da frase devemos optar por it’s ou it is. Não existe a possibilidade de usarmos is isoladamente sem uso do pronome (indicando a situação ou contexto). Não diga coisas como:

  • is cold X
  • is hard X
  • is expensive X

Não usamos a palavra ‘is’ sozinha. Diga:

  • it is cold = it’s cold = está frio
  • it is hard = it’s hard = é difícil
  • it is expensive = it’s expensive = é caro

Um erro muito comum em inglês é construir frases desconexas com a escolha equivocada entre it’s e is. Muitos estudantes de inglês costumam construir frases como:

  • he it’s nice
  • it’s is nice

Veja o erro presente em ambos os exemplos. Se você quiser dizer que “ele é legal” deve tão somente optar por he (ele).

Ex: He is nice.

[ele é legal]

Você não deve combinar dois pronomes he e it, até porque se você está fazendo referência a um menino/homem deve se referir a ele como he.  Se você está se referindo a algo que gostou aí sim diga:

Ex: it’s nice = it is nice

[é legal]

Lembrando que você não deve usar it apenas para se referir a uma situação/ contexto. Pode se referir a um objeto, animal, sentimentos e por aí vai.

Ex: It hurts to be cheated on.

[dói ser traído] 

Quer saber quando terminar uma frase com preposição? [clique aqui]

Conseguiu entender essa nossa explicação? Espero que agora quando você ficar na dúvida se deve usar is ou it’s lembre-se dessa nossa explicação e não cometa mais esse erro que falantes nativos da língua portuguesa cometem com muita frequência. Para contar com a nossa ajuda para melhorar a pronúncia e afiar os ouvidos como nunca, se inscreva no nosso canal do Youtube. Tem milhares de pessoas do mundo todo nos seguindo por lá e você com certeza não vai querer ficar de fora [clique aqui para conhecer]. Estamos no ar desde 2009 trazendo conteúdo de qualidade para quem quer aprender inglês ou já vem aprendendo inglês há um tempo. Ajuda a gente, é rapidinho!  😉

Curtir página do Facebook

Download PDF

Comentários

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta