Qual A Diferença Entre NEWBORN, INFANT, TODDLER, CHILD?

0 1137

NEWBORN. INFANT, TODDLER, CHILDNEWBORN, INFANT, TODDLER, CHILD sĂŁo palavras que deixam muitos falantes nĂŁo nativos do inglĂȘs confusos. Isso sem falar que ainda temos os termos kids e children. VocĂȘ sabe a diferença entre elas? Sabe qual usar? Sabe quando usar? Pois bem. Nesse novo artigo do inglĂȘs no teclado, vamos estudar sobre elas e buscar interpretar como dizer bebĂȘ, nenĂ©m e criança em inglĂȘs, em meio a todas essas opçÔes.

Veja, na imagem ao lado, que a palavra toddler Ă© muito utilizada em pesquisas  supostamente mĂŁes e pais  que buscam por respostas ao combinar “my toddler”. Clique na imagem para ampliĂĄ-la e depois Ă© sĂł apertar na seta para voltar (no topo).

A princípio, esses termos são diferenciados por faixa de idade. Ocorre, porém, que não hå um consenso absoluto (nem mesmo entre organizaçÔes oficiais) sobre os limites de cada idade.

De qualquer forma, antes de iniciarmos o nosso estudo, eu gostaria de te convidar para conhecer as nossas aulas de inglĂȘs online. MilhĂ”es de pessoas jĂĄ o fizeram e milhares encontram-se inscritas, hoje, no nosso canal de inglĂȘs no Youtube. Essa Ă© uma excelente oportunidade para vocĂȘ aprender inglĂȘs online sem pagar nada por isso. Como sempre digo por aqui, escolas de inglĂȘs e cursos de inglĂȘs online sĂŁo importantes, mas blogs de inglĂȘs tambĂ©m. ara dar uma espiadinha Ă© sĂł [clicar aqui].

NEWBORN

A uniĂŁo de novo (new) com nascido (born) forma newborn, ou recĂ©-nascido, como dizemos em nossa lĂ­ngua. Hoje Ă© dia Ă© muito comum pessoas procurarem por fotografias de newborn (bebĂȘs fotografados por profissionais enquanto dormindo em forma angelical – por exemplo). Esse temos Ă© ora usado como substantivo (como em look after a newborn) ora como adjetivo (como em newborn baby). Veja o seguinte exemplo:

Ex: The overall physical appearance of the newborn is evaluated first, followed by measurement of vital signs, weight, and length.

[a aparĂȘncia fĂ­sica geral do recĂ©m-nascido Ă© avaliada primeiro, seguida pela medição dos sinais vitais, peso e comprimento]

Existe, também, o termo neonate que, aparentemente, se trata de um sinÎnimo para newborn.

TODDLER

Inexiste o termo equivalente perfeito para a palavra toddler, em PortuguĂȘs. Tanto Ă© assim que dicionĂĄrios a traduzem como criança – escondendo as suas especificidades.

DICA RÁPIDA  Como Dizer Ter Mais O Que Fazer Em InglĂȘs?

Primeiramente, contudo, cabe ressaltar que a palavra em questĂŁo vem do verbo to toddle. Basicamente, ele exprime o sentido de cambalear, isto Ă©, andar de forma hesitante (sem segurança). DaĂ­, unimos toddle + er formando toddler – aquele que titubeia em seus passos – para, justamente, nos referimos a uma criança que estĂĄ ganhando liberdade em termos de locomoção incipiente.

De qualquer forma, jĂĄ tratei sobre o uso desse sufixo aqui no blog e se vocĂȘ quiser conferir a explicação completa Ă© sĂł [clicar aqui].

Nesse sentido, alguns estudiosos, do inglĂȘs, citam a opção “primeira infĂąncia” (como vocĂȘ verĂĄ na tradução mais abaixo) ao se referirem ao substantivo toddlerhood – composto por toddler + terminação hood. VocĂĄbulo usado nĂŁo para a criança, mas para a fase na qual se encontra aquele que Ă© chamado de toddler.

A palavra toddler gera muita confusĂŁo, sobretudo entre os pais.  A autora do livro The Mother of All Toddler Books, ao tocar no tema “quando uma criança Ă© vista como tal”  assim se coloca:

If you pickup an armful of pareting books, you’ll see that child development experts are exactly in agreement about the term. Some experts insist that toddlerhood begins at the age of 12 months; others don’t grant a baby toddler status unti age 18 months or until he’s ctually walking. But where the real disagreement arises is in deciding when to mark an end to the toddler years. Some experts claim that toddlerhood lasts until a child starts school (around age five). Others argue that the toddler years come to an end as oon as a child turns three, at which point he becomes a preschooler (ages three and four). I tend to buy into this last school of thought. The reason is simple: I can’t imagine lumping one-year-olds and four-year-olds together into the same breath, given the lightning speed at which developmental breakthroughs occur during the toddler years. I mean, preschoolers are pratically civilized beings in many ways, while toddlers – toddlers-well, let’s just say toddler are not. So there you go: that’s my rationale for focusing on one-and-two-year-olds in this book and leaving the three-and-four-year-olds for other parenting books to tackle!

SugestĂŁo de tradução: Se vocĂȘ pegar uma pilha de livros de preparação para pais, verĂĄ que especialistas em desenvolvimento infantil concordam exatamente sobre o termo. Alguns especialistas insistem que a primeira infĂąncia começa aos 12 meses; outros nĂŁo concedem a um bebĂȘ o status de criança atĂ© os 18 meses ou atĂ© que ele esteja realmente andando. Mas onde a verdadeira discordĂąncia surge Ă© na decisĂŁo de quando marcar o fim dos anos de infĂąncia. Alguns especialistas afirmam que a primeira infĂąncia dura atĂ© a criança entrar na escola (por volta dos cinco anos). Outros argumentam que os primeiros anos chegam ao fim quando a criança completa trĂȘs anos, altura em que se torna um prĂ©-escolar (com idades entre trĂȘs e quatro anos). Eu tendo a acreditar nesta Ășltima escola de pensamento. O motivo Ă© simples: nĂŁo consigo me imaginar juntando crianças de um e de quatro anos no mesmo grupo, dada a velocidade da luz em que ocorrem avanços de desenvolvimento durante os primeiros anos de vida. Quero dizer, os prĂ©-escolares sĂŁo seres praticamente civilizados de muitas maneiras, enquanto os bebĂȘs – bem, vamos apenas dizer que os bebĂȘs nĂŁo sĂŁo. EntĂŁo aĂ­ estĂĄ: esse Ă© o meu raciocĂ­nio para me concentrar em crianças de um e dois anos neste livro e deixar as crianças de trĂȘs e quatro anos para outros livros, sobre pais, resolverem!

DICA RÁPIDA  E Por Fim Em InglĂȘs: Como dizer?

Assim, o foco ao rotular uma criança como “ser cambaleante” nĂŁo Ă© tratĂĄ-la de forma discriminatĂłria, mas apenas indicar que Ă© um ser que se encontra nesse estĂĄgio de locomoção – modo de dar uma ideia geral da idade da criança, simplesmente como pura referĂȘncia.

DICA RÁPIDA  Cobrar em InglĂȘs: como dizer cobrar em InglĂȘs (5 dicas)

Observe algumas frases com a palavra toddler:

Ex: How do I say no to my toddler?

Ex: How do I teach a toddler to sing?

Ex: Why is my toddler not eating?

INFANT

JĂĄ a palavra infant (que nos faz pensar em infanticĂ­dio) estaria atrelada ao contexto do mundo jurĂ­dico. Por isso Ă© que se diz que o sentido legal da palavra infant Ă© pessoa abaixo do limite da maioridade – normalmente, 18 anos – segundo as leis de cada paĂ­s. Deve ser dito que ora atua como substantivo ora como adjetivo. Assim, encontramos vĂĄrias collocations com essa palavra, como:

  • infant mortality;
  • infant care;
  • infant science;
  • infant behavior / behaviour
  • infant school.

Um exemplo com esse termo:

Ex: In 1963, President John F. Kennedy’s wife Jacqueline delivered an infant at 34 week’s gestation.

Observe que a palavra infant foi usada como substantivo (percebe-se isso em função do artigo an). Nenhum critério de faixa etåria foi adotado aqui.

CHILD, CHILDREN E KID

A palavra child Ă© o substantivo singular equivalente a criança (seja ela sua ou nĂŁo). O plural dessa palavra Ă© children. Assim, dizemos one child e two children.  A palavra kid tambĂ©m se refere Ă  criança (ou atĂ© mesmo a um prĂ© adolescente ou adolescente). Pais costumam dizer my kids com o sentido de meus filhos. O que nos faz pensar tambĂ©m em minhas crianças, apesar de, em PortuguĂȘs, ser mais natural dizer meus filhos. Nada impede que uma pessoa mais velha chame um jovem de kid ou child. Inclusive, nĂŁo se espante se uma pessoa mais velha chamar um jovem de son (filho).

EntĂŁo, Ă© isso. Ficou com alguma dĂșvida? Comente abaixo para que possamos lhe ajudar. Estamos Ă  disposição dos nossos leitores. Se for utilizar algum trecho desse artigo, nĂŁo se esqueça de dar os devidos crĂ©ditos, combinado?

Bye!

Download PDF

ComentĂĄrios

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta