Como Dizer Eu Também Em Inglês? (Me too ou I too?)

0 33
COMO DIZER EU TAMB√ČM EM INGL√äS

Como Dizer Eu Tamb√©m Em Ingl√™s? Por mais incr√≠vel que pare√ßa, “me too” foi uma das primeiras express√Ķes pertencentes √† l√≠ngua inglesa que aprendi. Muito provavelmente, devido ao livro de nome “Me too” – imagem ao lado – o qual a minha m√£e lia para os filhos, muitas noites, antes de dormirmos. Se trata de uma hist√≥ria baseada na dissemina√ß√£o do sentimento de compartilhar com os outros. Dois personagens representam o irm√£o mais velho e¬†a irm√£ mais nova – a qual sempre quer¬†participar das atividades praticadas por seu irm√£o.

Voltando ao t√≥pico, “eu tamb√©m” √©, al√©m de outras coisas mais, uma forma simplificada, do portugu√™s, de dizermos que tamb√©m queremos ser inclu√≠dos em algo – √© como buscamos assegurar direitos iguais.

Na l√≠ngua inglesa, isso ir√° variar segundo a circunst√Ęncia. √Č que me too, apesar de ser empregada indiscriminadamente por muita pessoas em qualquer situa√ß√£o, pode n√£o ser a express√£o mais apropriada para dado contexto.

Primeiramente, antes de aprendermos a “como dizer eu tamb√©m em ingl√™s”, √© importante explicar o porqu√™ de dizermos me too e n√£o I too. A palavra¬†I √© empregada como sujeito e me como um objeto. Conv√©m pontuar que inexiste uma equival√™ncia perfeita entre as l√≠nguas.

DICA R√ĀPIDA  Grau Dos Adjetivos Em Ingl√™s (Degree Of Adjectives)

Ex: He gave the money to me.

[ele entregou o dinheiro para mim]

Ex: He gave me the money.

[ele me entregou o dinheiro]

Ex: I like bananas.

[gosto de banana]

Ex: He told Bob and me a story.

[ele contou ao Bob e a mim um caso]

Perceba uma equival√™ncia relativamente saud√°vel entre o ingl√™s e a l√≠ngua portuguesa nos exemplos acima (respeitadas as reg√™ncias verbais distintas – como no caso de told que n√£o pede preposi√ß√£o, diferentemente do portugu√™s que requer “ao”). Todavia, nem sempre este paralelismo ir√° prosperar.

Ao me deparar com a frase Samantha gave him a goodnight kiss (Samantha o deu um beijo de boa noite) eu posso respondê-la com Samantha gave me a goodnight kiss too (Samantha me deu um beijo de boa noite também). No entanto, posso ser mais conciso e abreviar a minha fala com me too Рem vez de falar a frase por completo.

Agora, observe o seguinte exemplo. Caso algu√©m diga I am tired (eu estou cansado) o correto √© corresponder com¬†I too (eu tamb√©m). Ocorre, entretanto, que nativos do ingl√™s se valem de “me too” quando o modo apropriado seria dizer “I too”.¬† Um dos argumentos¬† que justificam essa tend√™ncia aponta que o uso de I seria demasiadamente formal.

DICA R√ĀPIDA  Como dizer dar um grau, dar uma melhorada em Ingl√™s?
Para “me too” devemos analisar se a frase do primeiro orador est√° na afirmativa ou na negativa?

H√° uma regra gramatical que dita que, ante o desejo de exprimir concord√Ęncia em termos de identifica√ß√£o de formas de pensar, predile√ß√Ķes, ou situa√ß√Ķes parecidas,¬† n√£o cabe respondermos com me too caso o orador inicial se valha de uma frase negativa (mas apenas afirmativa).

Por outro lado, existem teorias e regras gramaticais que afirmam ser possível empregar me too, como feito na forma abaixo:

Ex: Bob: I like chocolate. Jack: Me too.

[Bob: eu gosto de chocolate. Jack: eu também]

Ex:¬†Bob: I don’t like chocolate. Jack:¬†Me too.¬†

[Bob: eu não gosto de chocolate. Jack: eu também não]

Para os lecionadores do inglês mais rigorosos, o segundo exemplo (riscado) estaria equivocado. Por outrolado, parte dos estudiosos da língua inglesa afirmam ser, sim, possível empregar me too sem reparar a frase principal a qual nos referimos, independentemente se ela está na afirmativa ou negativa. Assim, em relação aos mais tradicionalistas, quando deparamos com, por exemplo:

Ex: She invited me to the party.

DICA R√ĀPIDA  Como Dizer Com F√© Em Deus Em Ingl√™s?

[ela me convidou para a festa]

Estaria correto reagir com “me too”. J√° se fosse dito she didn’t invite me to the party, n√£o caberia, √† √≥tica do padr√£o formal do ingl√™s dizer me too, por conta do verbo auxiliar na negativa (negritado). √Č que de acordo com o padr√£o formal da l√≠ngua inglesa, h√° uma viola√ß√£o gramatical no primeiro exemplo (justamente por me too ser apenas empregada quando uma frase est√° na negativa). Entretanto, o seu uso √© t√£o comum (em frases afirmativas quanto na negativas) que esta inconsist√™ncia passa despercebida, uma vez que as pessoas conseguem entender prontamente a inten√ß√£o de uma pessoa ao usar me too¬†– sem se apegar ao mencionado padr√£o gramatical.

De toda forma, caso você queria aprender a forma correta, de se corresponder, caso a frase do orador inicial esteja na negativa sugiro que [clique aqui].  Ou então, é só assistir ao vídeo abaixo. Dá o play!

N√£o se esque√ßa de, na sequ√™ncia, conferir as nossas aulas de ingl√™s online no Youtube.¬† Milh√Ķes de pessoas acompanham o nosso trabalho por l√°, e milhares est√£o inscritas em nosso canal oficial.

Download PDF

Coment√°rios

SEM COMENT√ĀRIOS

Deixe uma resposta