Estudar Inglês em Casa: Guia Definitivo

Você já tentou estudar Inglês em casa, mas de alguma forma percebeu como não deu muito certo, ou ainda totalmente errado?

Funciona mais ou menos assim. Você monta um programa para ser seguido e divide as tarefas meticulosamente. Olha os melhores dias da semana para encaixar os horários mais adequados para estudar Inglês e a cada elaboração do seu horário você se sente mais confiante, certo de que it’s now or never.

Só que, ao longo do tempo, as coisas não acontecem como você esperava. Um dia aparece um compromisso inadiável, um trabalho que não pode ser deixado para depois, um filho ou filha que tem prioridade total, e os eventos que acontecem no fim de semana.

Você acaba se sentido frustrado(a) porque tudo parecia estar esquematizado e na prática não ocorreu conforme o planejado.

Estudar Inglês em casa é possível, não duvide disso! Com tantas ferramentas disponíveis gratuitamente, o único aspecto de peso que passa despercebido e acaba comprometendo o resultado de quem decide estudar inglês por conta própria é: não seguir um planejamento adequado e botar o carro na frente dos bois. Veja dicas de como estudar inglês por conta própria e com sucesso!

Estudar Inglês em Casa: como estudar Inglês por conta própria

1. Comece pelo básico. Repito: comece pelo arroz com feijão. Assim como aprendemos que  1+ 1 = 2, você não irá avançar se não construir uma base sólida que lhe dê sustentação para estudar inglês em casa. Como eu já disse diversas vezes aqui no blog, uma casa precisa de fundação. Apenas avance sobre temas mais complexos quando você estiver dominando outros básico. O principal deles: tempo verbal. Perceba que eu disse que esse aspecto é importante, mas não crucial para você falar Inglês.

2. Falar Inglês sozinho(a) e ouvir você falando é uma das melhores atividades de aprendizagem. Ler em voz alta frases básicas em Inglês é um excelente exercício.

3.  Evite a desmotivação que persegue a maioria dos estudantes da língua inglesa sempre intercalando entre os estudos técnicos (gramática), filmes, músicas acompanhadas de letras e sites estrangeiros. Um dia leia a sessão de gramática do blog Inglês no Teclado, no outro veja  filmes com legendas em Inglês e no outro escute uma música. Isso é muito importante, já que o mundo atual em que vivemos é campeão em nos impor distração.

estudar inglês em casa
Como estudar Inglês em Casa: evite a leitura excessiva de livros.

4.  Descubra o seu nível de conhecimento em Inglês e avalie o seu avanço frequentemente. É muito importante saber qual o seu domínio sob a língua inglesa. Uma dica muito útil é ler sites estrangeiros sobre assunto que você gosta, seja culinária, esportes, músicas, filmes, não importa. Para saber sobre o seu nível essa é a melhor forma. Faça da seguinte forma. Inicie o seu estudo e, eventualmente, leia textos em sites estrangeiros para testar o seu entendimento. Não fique pasmo se você achar que não está entendendo nada. Não deixe que isso sirva como um banho de água fria. Continue o seu estudo e esporadicamente analise o seu status.

5.  Pensar e refletir durante o banho em Inglês é uma mão na roda. Mas porque no banho? No banho, no ônibus, no metrô, o local não importa. O banho é apenas um exemplo. Encontre o seu momento, a ocasião em que você fique mais tranquilo. É sabido como essa pratica ajuda muito  a colocarmos as ideias em forma de palavras e auxilia no ganho de fluência de sobremaneira. Crie esse hábito.

dicas como estudar inglês em casa
Como aprender Inglês sozinho: o chuveiro é o melhor lugar para colocar as ideias no lugar (em Inglês, claro!)

Dicas que podem lhe ajudar muito:

6. Nunca interrompa o estudo da língua inglesa. Meta é meta, então comece por essa. Independente do que ocorrer ao longo do cotidiano, enfrente as adversidades e se comprometa por ao menos um período de, digamos, 6 meses. Analise o seu avanço ao longo dos seus primeiros 6 meses e analise o que foi feito de errado para que nos próximos meses os equívocos não se repitam.

7. Aceite que estudar Inglês não significa ler livros freneticamente, mas entender estruturas gramaticais essenciais, memorizar vocabulário em forma de collocations e saber como pronunciar palavras isoladas e em conjunto.

8. Diversifique a sua fonte de aprendizagem em Inglês. A melhor forma de aprender Inglês é quando você se depara com as mesmas expressões, vocabulários e chunks de maneira repetitiva. Se você tem a oportunidade de diversificar os meios que utiliza para aprender Inglês, então vá em frente.

9. Mate todas as suas dúvidas e não se esqueça de lembrar da explicação por pelo menos 3 dias consecutivos o que você aprendeu recentemente. Essa é uma das sugestões que eu mais gosto e aplico todo os dias. Tem vez que a minha insistência é tanto que deixo um papel (rascunho) na minha mesa com a expressão que acabei de aprender o significado por no mínimo 5 dias.

Gostou das dicas? O Inglês no Teclado é um blog dedicado 100% ao estudo da língua inglesa. O nosso blog foi lançado em 2009 e desde então já recebeu milhares de visitas de pessoas que procuram explicações sobre diversos tópicos do Inglês e procuraram dicas sobre como estudar inglês sozinho.

Recentemente o nosso blog passou por uma mega repaginada e por isso contamos com a sua curtida na nossa fanpage para continuar divulgando o nosso trabalho. Leva só 1 segundinho e dessa forma você incentiva a gente a continuar escrevendo posts e dicas geniais como essas! Curta a página oficial do Inglês no Teclado clicando aqui: curtir página oficial do blog Inglês no Teclado.

Download PDF

Comentários

1 COMENTÁRIO

  1. I really liked your tips.I’m Cris from São Paulo and I’ve been studying english for a long time.It is really difficult to study by yourself and it is POSSIBLE to become fluent here in Brazil without traveling to a country that speaks english.
    I’ll keep on studying until I become fluent!
    Thanks a lot.

Deixe uma resposta