Inversões Em Inglês: Explicação, Como Usar e Exemplos

Inversões Em Inglês: Explicação, Como Usar e Exemplos – Você sabe o que são inversions? Na língua inglesa elas são muito comuns e costumam deixar qualquer estudante de inglês maluco. Não é comum aprendemos sobre inversões em cursos de inglês e escola de inglês. Talvez esse seja um dos motivos de falantes nativos da língua portuguesa não conseguírem entender o propósito de usá-las.

Antes de falarmos sobre as inversions propriamente ditas, gostaríamos de te convidar para se inscrever no nosso canal oficial no Youtube. Já são milhares de inscritos do Brasil, Angola, Portugal, Estados Unidos Inglaterra, Canadá e muito mais. Lá você conta com dezenas de vídeos que vêm auxiliando milhares de pessoas a melhorar a pronúncia e escuta, além de dicas incríveis que você geralmente não aprende na escola. Vale super a pena conhecer o nosso canal e se inscrever. É de graça! [clique aqui para conhecer]. Veja a nossa aula abaixo. Dá o play!

Inversões Em Inglês: o que são?

Inversões são, como já diz o próprio nome, a troca da ordem de palavras em inglês. A inversão modifica uma ordem natural que se empregaria das palavras em inglês com o objetivo de embutir ênfase em uma frase. A ênfase é simplesmente para destacar algum ponto importante de uma ideia, constatação ou fato.

Para entender como montar inversões é preciso entender que as palavras são posicionadas em uma língua de uma maneira ditada pela regra gramatical dessa mesma língua. Por exemplo, na nossa língua dizemos coisas como eu gosto de chocolate. Não dizemos gosto eu de chocolate. Da mesma forma dizemos “você foi para a escola” e não “escola foi você para”.  Consegue entender?

O mesmo ocorre na língua inglesa. Temos uma ordem que predetermina como posicionar as palavras em uma frase.

Como montar Inversões Em Inglês?

Agora que já falamos sobre alguns pontos importantes, podemos avaliar como montar inversões em inglês. Muitas inversões em inglês focam em um verbo auxiliar ou alguma estrutura de construção gramatical relevante para, a partir dessa estrutura, posicioná-la logo no começo da frase, quando ela, normalmente, é posicionada de uma outra maneira.  Muitas vezes uma inversão é uma exclamação, porém ela adota a estrutura de uma pergunta. Isso é confuso, não?

Digamos que você está super ansioso para que algo ocorra. Por exemplo, vamos supor que você comprou uma câmera em uma loja da internet e mal pode esperar para colocar as suas mãos nessa nova câmera.  Eu posso adotar o present perfect e lhe fazer perguntar o seguinte, assim que o carteiro bater na sua porta para lhe entregar a câmera:

Ex: You have been waiting for this, haven’t you?

[você tem aguardado por esse momento, não tem?] 

Ou ainda:

Ex: Have you been waiting for this?

[você te,m aguardado por isso há muito tempo?]

Ocorre que você mesmo pode dizer isso sem que eu lhe pergunte a respeito para, justamente como eu disse no começo desse artigo, enfatizar sobre a sua “longa espera”.

Na língua inglesa, como já explicamos diversas vezes no nosso canal do Youtube, perguntas em inglês, em sua maioria, adotam uma estrutura comum do tipo:

verbo auxiliar + pronome pessoal / nome + verbo + complemento

Muitas vezes uma inversão em inglês muda a estrutura acima. Por exemplo, vamos ilustrar isso com a vida real para entender como funciona.  No vídeo abaixo (5 segundos iniciais) a primeira coisa que o jovem faz é empregar uma inversão para apontar o quão ansioso ele estava pela chegada da câmera. Dá play!

Captou o que ele disse?  O que ele disse, foi:

Ex: Oh man, have I been waiting for this!

[cara, como eu tenho esperado por isso] 

Veja que, como foi dito nas linhas acima, o garoto posicionou o verbo auxiliar have (do tempo verbal presente perfeito contínuo) logo no começo da frase.

Inversões podem ser montadas de diversas formas como já explicamos [nesse texto].  Confira outros exemplos de inversões em inglês:

Ex: Man, am I hungry.

[cara, que fome]

Ex: Man, isn’t she hot?

[cara, ela não é gata?]

Veja como a gente posicionou o verbo to be (am e is na forma negativa) logo no começo da frase. O verbo to be também atua como auxiliar e quando ele exerce essa função (clara em perguntas), deve ficar logo no começo da frase. Contudo, os exemplos acima não são perguntas. É por isso que dizemos que ocorreram inversões em inglês.

Então é isso. Para ver mais exemplos e continuar aprendendo sobre inversões em inglês [leia esse texto]. Lá você confere até mesmo áudios para se certificar da pronúncia. Para ser avisado quando novos artigos estiverem disponíveis, curta a nossa página oficial no Facebook. Para contar com a nossa ajuda e melhorar a sua pronúncia, escuta e muitas outras habilidades, se inscreva no nosso canal oficial do Youtube. Se junte a milhares de seguidores! [clique aqui para conhecer]. Ajuda a gente, é rapidinho!  😉

 Curtir página do Facebook

Download PDF

Comentários

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta