Come E Go: Como Usar E Diferença

COME E GOComo Usar E Qual A Diferença Entre Come E Go? Você sabe? A gente tem o costume de comparar tudo e quando a intenção é fala certo em uma outra língua, logo surge a dúvida: devemos usar “come” ou “go” para dizer ir e/ ou vir?

Fique calmo! Nas próximas linhas, tudo ficará mais claro. Antes de explicamos a diferença entre “come e go” em inglês, eu gostaria de te convidar para conhecer o canal do inglês no teclado no Youtube. Atualmente são milhares de pessoas assistindo as nossas aulas de inglês por lá. Essa é uma excelente oportunidade para você aprender inglês online e esclarecer todas as suas dúvidas com a gente. Tem gente do Brasil todo acompanhando o nosso trabalho por lá e de outros países também como Estados Unidos, Inglaterra, Canada e muito mais. Como sempre dizemos por aqui, escolas de inglês e cursos de inglês online são importantes, mas blogs de inglês também [clique aqui para conhecê-lo].

Como Usar Come E Go?

A gente aprende nas primeiras aulas de inglês que go significa ir em inglês. Dessa forma, aprendemos a montar frases como:

Ex: Where are you going to?

[para onde você você está indo?] 

Ex: I went home.

[eu fui para casa]

Ex: I have to go now.

[tenho que ir agora] 

Em contrapartida somos ensinados que come significa vir, isto é, se aproximar do orador.

Ex: Please, come on over.

[por favor, chega mais] 

Ex: Come here, Jack.

[vem aqui, Jack] 

Entretanto, devo alertá-los quanto ao uso inverso dessas palavras. Apesar de estabelecermos esse paralelismo entre as línguas, é possível ouvirmos e especial nativos da língua inglesa. Em 2010, eu esclareci no fórum English Experts, acerca do uso peculiar dessas duas palavras.

Observe que por mais que tentemos distinguir come e go à luz da língua portuguesa, isso muitas vezes não é didático.  Explico. Não é raro quando converso com amigos norte-americanos (que moram nos Estados Unidos), eles dizerem:

Ex: When I come to Brazil, I’ll let you know.

O mais engraçado é: mas eles não estão nos Estados Unidos? Como podem utilizar o verbo “to come”? Poderíamos cair na armadilha e pensar: O correto seria, pelo fato de eles estarem em um outro país, que não o Brasil, e eu estar aqui na terrinha verde e amarela, ele dizerem:

Ex: When I go to Brazil, I’ll let you know.

Como no Português: “quando eu for ao Brasil você ficará sabendo”. Mas a interpretação que eu faço é a seguinte. Imagine que eu moro nos Estados Unidos e o Nick (um norte-americano qualquer) também. Seria sensato o Nick me dizer:

Ex: When I go / travel to Brazil, I’ll let you know.

Não estamos nenhum de nós no Brasil, moramos ambos nos EUA. Agora, imagine que estou na Argentina (moro na Argentina) e o Nick nos Estados Unidos. Ele me diz:

Ex: When I go/travel to Brazil, I’ll let you know.

Agora, como eu estou no Brasil e o Nick não (ele está localizado em qualquer outro país) ele me diz:

Ex: When I come to Brazil, I’ll let you know.

Por conta dessa distinção da origem dos falantes e possível que o orador opte pelo verbo come em vez de go.

A regra é: havendo a intenção de revelar aproximação entre eles, no sentido de um ir ao encontro do outro e avisá-lo sobre isso – um orador  fixo e o outro em movimento de aproximação – usamos come.

Note que um conversa com o outro e narra sobre o movimento de aproximação.

Em músicas é muito comum esse uso inverso das palavras come e go. Um exemplo desse padrão é a música Mama I’m coming Home de Ozzy Osbourne. Imagine um filho ligando para a sua mãe com o intuito de alertá-la que ele está a caminho de casa. Pelo fato de a mãe já estar no lar e ele em outro local. Tenderíamos a pensar que ele (o filho) deveria dizer para a sua amada mãe: mama, I’m going home – em uma tradução direta, mamãe estou indo para casa. Não é assim que funciona! Lembre-se do que eu disse acima sobre um ir ao encontro do outro, estando um fixo e o outro em movimento que vai em sua direção. Nesse caso, o adequado é optar por come e não go.

Assim, dois requisitos devem ser satisfeitos para o uso inverso de come e go.

  • O orador descreve o seu movimento de aproximação para o ouvinte;
  • Ele se aproxima do ouvinte ou do local em que o ouvinte se encontra;

No exemplo da música, temos ambos os requisitos satisfeitos. O primeiro requisito: o filho descreve o movimento de aproximação para a mãe (mama, I’m coming home) e o segundo: ele está se aproximando do local onde está a sua mãe (lar doce, lar).

É por isso que se o filho relata a mãe que está indo para um local diferente de onde ela está, ele não escolheria usar come, mas sim go.  Isso porque ele se movimentaria em direção diferente da mãe.

Então é isso. Gostou de aprender sobre como usar e a diferença entre come e go em inglês? Para continuar aprendendo inglês online e esclarecer todas as suas dúvidas com a gente, conheça o nosso canal de inglês no Teclado no Youtube. Não há melhor forma de aprender inglês de casa! [clique aqui para conhecê-lo]. No Facebook, sempre avisamos quando há novidade por aqui. Ajuda a gente, é rapidinho!  😉

Curtir Página do Facebook

Download PDF

Comentários

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta