Inglês Informal Americano: 5 Aspectos Para Ficar Ligado

Inglês Informal AmericanoInglês Informal americano: 5 aspectos para ficar ligado – Você fala “Inglês americano  ou Inglês britânico?” Essa é uma das primeiras perguntas que escuto de estudantes da língua inglesa quando alguém descobre que sou fluente em Inglês (não querendo me gabar  :mrgreen: ). Mas, sinceramente, acho que ao longo de anos a maior preocupação das pessoas era (ou talvez ainda seja): devo aprender Inglês britânico ou Inglês americano? Essa dúvida sempre foi muito recorrente, principalmente por questões de pronúncia e também que cada vertente da língua possui. Não se trata de apenas saber que palavras como schedule (agenda, horário, programar, agenda) e organized (organizado) apresentam pronúncias diferentes no Inglês americano e Inglês britânico.

Creio que tudo esteja relacionado a falsa percepção de que o mundo é divido em dois, uma metade que está para o lado da Inglaterra e a outra metade que está voltada para os estados Unidos. Eu sempre disse e repito: o importante é você aprender Inglês e diversificar as suas fontes de aprendizado o máximo possível. Se você se comprometer a aprender a língua, independente de qualquer distração que possa ocorrer no meio do caminho, as chances de você ter sucesso e se tornar fluente em Inglês com o passar do tempo são imensas.

Nesse novo texto do Inglês no Teclado, vou falar sobre 5 aspectos para ficar ligado em se tratando do Inglês americano informal. Isso porque na maioria das vezes esses detalhes passam despercebidos e mais a frente acabam fazendo um estrago por que somos pegos de surpresa, isto é, desprevenidos.

Inglês Informal americano: o que é?

Meu Inglês é do mundo, porém se isso não atende a sua curiosidade, se a sua dúvida é a mesma da maiorias das pessoas que conhecem o blog Inglês no Teclado pelas primeira vez, saiba que o meu Inglês é americano e para saber como aprendi Inglês e Português ao mesmo tempo [clique aqui].

Antes de adentrarmos no tema “inglês informal americano”, eu gostaria de te convidar para conhece o nosso canal de inglês no Youtube. No momento são milhares de pessoas acompanhando as nossas aulas de inglês por lá. Essa é uma excelente oportunidade para você aprender inglês com a gente. Como sempre dizemos por aqui, escolas de inglês e cursos de inglês online são importantes, mas blogs de inglês também [clique aqui para conhecê-lo]. Você com certeza não irá se arrepender nem um pouquinho!  😀

De qualquer forma, lembro quando eu era mais novo e a minha irmã de candidatou para uma vaga de professora em uma escola de Inglês. A pessoa que a entrevistou foi logo dizendo que não seria possível ela ministrar aulas naquela escola, já que o Inglês informal americano dela estava na ponta da língua. Naquela época não dei tanta importância, mas, com o passar dos anos, comecei a me perguntar o que seria o Inglês informal? É que, no meu conceito e discernimento, a língua inglesa sempre foi uma língua informal, diferentemente do espanhol. O que então no entendimento do entrevistador à época seria o tal do Inglês informal? Foi apenas que, ao prestar mais atenção em nativos da língua inglesa falando, comecei a sintetizar características que levariam o entrevistador brasileiro a possivelmente rotular o Inglês de alguém como formal ou informal.

1. A língua não precisa estar na versão escrita para ser caracterizada como formal, via-a-vis sustentações em julgamentos de cortes e o famigerado bate papo online, indo ao encontro desse entendimento;

2. Quanto mais presente o uso de gap fillers [clique aqui para aprender] em sua fala, mais taxado de informal o seu Inglês será;

3.  Quanto mais distante for o seu Inglês de construções similares ao nosso idioma [clique aqui para aprender], mais descrença ele gerará perante avaliadores não nativos da língua inglesa;

4. Se você emprega connected speech [clique aqui para aprender] ao falar Inglês naturalmente, é possível que avaliadores não nativos na língua inglesa acreditem que o seu Inglês seja informal;

5. Se você faz uso de contrações informais [clique aqui para aprender] em Inglês sem maiores dificuldades, é possível que seu Inglês seja taxado como informal;

Inglês Americano Informal: aspecto extra

Agora que já falei sobre o que possivelmente leva alguém a dizer que o Inglês de uma outra pessoa é formal ou informal, vamos dar uma olhada em um aspecto extra que você deve ficar ligado quanto ao Inglês americano informal.

Esse detalhe concerne a omissão de verbos auxiliares em perguntas. Esse padrão de uso das palavras não é exclusivo do inglês americano, mas ocorre com muita frequência nessa modalidade. Inclusive aqui no blog já falamos sobre isso de uma maneira mais completa e se você quiser ficar ainda mais por dentro leia [esse artigo, clique]. Na tabela abaixo vamos comparar o inglês formal americano e o inglês informal americano quanto ao quesito perguntas.

Inglês FormalInglês Informal
Dou you mind if I smoke here?Mind If I smoke here?
Are you coming with us?You coming with us?
Did you go to Bob’s party?You went to Bob’s party?

Essas formas nas quais optamos por negligenciar de maneira proposital o emprego de verbos auxiliares é muito comum no inglês falado compondo traços do inglês informal. Observe como inclusive em perguntas no passado simples cabe o verbo principal já na sua forma passada, ferindo de morte o que aprendermos nas primeiras aulas sobre esse tempo verbal. Aqui a escolha de não seguir os ditames da gramática normativa foi feita justamente em função do inglês falado comportar essa maneira de se expressar.

Então é isso. Se você quiser conferir mais dicas dobre “inglês informal americano”, conheça o nosso canal de inglês no Youtube. Essa é a melhor maneira de você se habituar com as esquisitices dessa modalidade e aprender inglês online com a nossa ajuda [clique aqui para conhecê-lo]. No Facebook, sempre avisamos quando há novidades por aqui. Ajuda a gente, é rapidinho!  😉

[imagens desse texto]
Download PDF

Comentários

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta